Nova norma NBR 15.597 da ABNT

Visando a segurança dos usuários de elevadores no Brasil, a ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, colocou em vigor desde setembro de 2008 a norma NBR15597, que estabelece regras relativas à segurança em elevadores. Algumas das medidas tomadas são:

 

Os elevadores deverão possuir:

 

- Braille nos pavimentos e na cabina;

- Luz de emergência;

- Interfone ligado à portaria e à casa de máquinas;

- Aviso sonoro informando o andar;

- Nivelamento preciso da cabina nos andares;

- Caixa de inspeção no topo da cabina;

- Escada de acesso ao poço;

- Placas de advertência e sinalizações nas portas de pavimento, quando o elevador estiver em manutenção;

- Placa de atenção para o usuário verificar se o elevador encontra-se no andar antes de entrar;

- Guarda corpo, para a segurança do técnico durante a manutenção do equipamento;

- Protetores de polia de tração e do limitador de velocidade.

 

No Brasil são mais de 300 mil elevadores instalados, aproximadamente 80% desses elevadores foram instalados a muito tempo, e necessitam de modernização para atualização de todo sistema, principalmente ao que se refere a segurança do usuário e também dos mecânicos e profissionais que trabalham com elevadores. Há registros de acidentes causados por instalações desatualizadas.

 

O presidente do SECIESP (Sindicato das Empresas de conservação, Manutenção e Instalação de Elevadores do estado de São Paulo) Fábio Aranha, relata a importância no cumprimento da Norma NBR15597 para uma melhor segurança e prevenção de acidentes, por exemplo: se o passageiro ficar preso na cabina por uma pane elétrica ou falta de energia e não tiver uma luz de emergência e um intercomunicador, ele pode tentar sair da cabina onde muitas vezes ocorre os acidentes, com o intercomunicador ele será orientado pelo zelador ou porteiro para que se acalme e aguarde o resgate por parte da conservadora ou corpo de bombeiros.

 

A norma se estende ao profissionais que trabalham com esse tipo de equipamento, como técnicos e mecânicos de elevadores, itens na casa de maquinas e sobre a cabina são obrigatórios para resguardar de um acidente durante as manutenções periódicas, itens como protetores de polias, guarda corpo sobre a cabina, os elevadores antigos seguiam normas antigas o que não previa a possibilidade de um acidente grave com esses profissionais.

 

A recomendação do SECIESP é que essa norma seja aplicada a todos elevadores existentes, como ocorre em muitos países da Europa, muitos obrigam a existência de tais itens de segurança em todos os elevadores.

 

O maior obstaculo previsto pelo SECIESP será os síndicos e administradores de condomínios realizarem essa atualização, muitas vezes pelos custos. “Não será fácil, já que não há multas ou punições para quem não efetuar estas alterações; queremos convencer o proprietário a realizá-las como investimento em segurança”, relata Fábio Aranha. Porem sempre bom recordar que a segurança do usuário e profissionais do meio, não tem preço, no caso de um acidente, o edifício pode ter um prejuízo bem maior !

 

O SECIESP tem 15 anos de existência, é um sindicato patronal que representa as empresas do segmento de elevadores (conservação e manutenção, instalação e modernização técnica e estética), localizadas no Estado de São Paulo. O objetivo é fortalecer a classe das empresas que trabalham com elevadores e estimular seu crescimento.

 

O sindicato fornece assessoria jurídica aos associados; presta assistência às questões tributárias; fiscais e cíveis; pleiteia novos direitos; preços justos ; além de promover cursos gratuitos para formação profissional. Dentre as 550 empresas cadastradas no Seciesp, 95% são pequenas e micro empresas, 4% de médio porte e 1% de grande porte visite o site: www.seciesp.com.br.

 

 

Alex Machado

Coordenador de Marketing

Releitura